Agora ele, Dan Torres..

Poxa, quanto tempo sem passar por aqui. Não gosto disso. Não gosto de perder o fio da meada, de deixar assuntos para trás, de deixar a inspiração escapar.. Tantas coisas já queria ter postado, mas tá faltando tempo, isso sim.

Hoje vim exclusivamente escrever sobre meu encontro com meu ídolo-mor, meu amadíssimo Dan Torres, que aconteceu há mais de um mês, em Campinas. Vamos por parte, pra não perder o costume, certo? haha..

[Dia 23 de Fevereiro de 2010]

Pra quem não sabe, Dan agora segue sua carreira solo, após a separação pessoal e profissional da Cídia. Desde então, um longo processo de gravação do primeiro cd solo estava em andamento. Quando enfim foi confirmado que ele se apresentaria na FNAC (Santa FNAC), eu logo me assanhei, né? Um mês antes da data o Pocket foi anunciado, e foi um mês de lombrigas agitadas, e ansiedade me enlouquecendo.
Chega o grande dia. Eu e meu fiel escudeiro de shows-pockets e afins, meu Pai, saímos de Leme rumo a Campinas por volta das 13h, mais ou menos. Chegando lá, faltando horas e horas pro inicio do pocket, demos uma voltinha básica pelo Shopping Dom Pedro, e nos sentamos bem em frente a loja FNAC… Cara, como eu DETESTO esperar a hora de um show. Como eu detesto mais ainda quando a minha única companhia detesta mais que eu . Meu pai estava realmente impaciente. Fomos tomar um café, que virou dois, lá mesmo dentro da Fnac, na cafeteria que tem lá. Logo após esse café, resolvi já sentar nas cadeiras que ficam em frente ao palco, e por lá fiquei por alguns minutos, fazendo palavras cruzadas, tentando não pensar que ainda faltavam cerca de 4 horas para o pocket. Em alguns minutos começa a chegar um povo que eu já conhecia. Um povo é exagero, eram duas pessoas – Pamela e Mari, de São Paulo. Foi muito bom, pois as horas começaram a passar de maneira mais rápida. Minutos depois, chega o povo do FC Smile. Exagero de novo em dizer povo, pois eram três pessoas haha.. Meu, como fiquei feliz em conhecer essas pessoas. Cariocas da gema (bem, não sei se são cariocas da gema, pois tem esse lance de ser carioca ou fluminense, que eu não entendo muito bem.. mas enfim..), com aquele sotaque que encanta e diverte. Pessoas que são totalmente do bem, pessoas pra não esquecer nunca mais. Claudinha, Tiago e Mãe do Tiago (esqueci o nome, me desculpa haha), pessoas do caralho!

Enfim, após horas de bate papo e risadas, chega assim, como uma pessoa totalmente normal ele, Dan Torres. Entra assim, passeando pela loja, junto com seus três músicos e seu empresário, o Cris – que já converso desde o inicio da dupla praticamente, mas que só conheci pessoalmente nesse dia – um fofo! Dan vem caminhando em nossa direção, cumprimenta nós todos com beijinhos e abraços, assim, de maneira SUPER normal. E o mais incrivel de tudo? É que realmente é normal. Não me sinto uma fã babaca perto dele (nem perto da Cídia, em experiências passadas). Ele se faz, e nos faz sentir pessoas totalmente normais. Depois de beijinhos, ele entra – provavelmente para algum camarim, ou espécie de camarim – e nós continuamos lá fora, conversando, dando risada, e preocupados por só ter a gente até aquela hora. Faltando menos de uma hora pro show, cadê o povo?? Fã que é fã se preocupa com esse tipo de coisa. Aos poucos as cadeiras vão ganhando bundas, e o espaço vai ficando como realmente deveria ficar: CHEIO – Ufa..

Os músicos começam todo aquele processo que eu particularmente ADORO de passagem de som. E minutos depois Dan reaparece, assim mesmo, do nada, sem apresentações, sem frescuras. Senta, faz graça como sempre e dá inicio ao pocket. Eu, como sempre, filmando desde o início.

Eu de verdade AMO esse cd do Dan. Durante toda a carreira da dupla Cídia e Dan eu rezei por um cd desse tipo, e nada. Agora, Dan está podendo mostrar quem realmente é, mostrar o talento que tem como compositor e não só como interprete. Um cd totalmente autoral. Do inicio ao fim só músicas que o próprio Dan compôs. Me sinto muito orgulhosa dele, desse cd, do rumo que a carreira dele enfim está tomando. Ele merece tudo isso. Merece ser reconhecido por todos. O povo todo merece ter o privilégio de conhecer o trabalho dele.

Cerca de 1 hora de show (afinal é um pocket show – como o próprio Dan sempre diz, um show que cabe no bolso – pocket em inglês é bolso para os desinformados), ele diz que vai ficar para autógrafos, conversas e mais beijinhos.. Espero o povo fazer isso, e fico quase por último (dessa vez o povo do FC roubou minha posição de último lugar hehehe, mas por uma boa causa). Na minha vez, como sempre, levei o cd para ser autografado (apesar dele já estar autografado – autógrafo nunca é demais hehe), e ele na hora de escrever meu nome na dedicatória diz:

– Não fala seu nome, eu acho que eu lembro.  É Thais, né?? E com H, certo?

Hahahahhaha.. Eu sou ou não uma pessoa MUITO CAGADA?? Todos os meus ídolos me pregam peças desse tipo, e eu toda vez quase tenho um infarto perante eles.  Dei risada e confirmei o acerto dele.

– E acho também que lembro seu sobrenome. É, M A R C H I (falou soletrando letra por letra). É isso, né??
Nem preciso falar nada, né???

Ai eu disse que tava certo e ele ficou feliz por ter acertado. Disse que sem a Cídia tem se esforçado o dobro pra lembrar o nome de todos os fãs, já que era ela quem sempre se lembrava de todos. Tá se saindo muito bem ele, nénão??

Enfim, após esses momentos de quase parada cardiaca, conversamos um pouco, tiramos foto – gracinhas rolaram nessa hora ahaha – e meu pai se aproximou. Meu pai, com toda a sua veia inata de empresário começou a falar que em Leme tem um lugar que é a cara dele se apresentar, e coisa e tal e tal e coisa, e o Cris também se aproxima. Cris fala:

– Ah, a gente se conhece, né? Nos falamos sempre por MSN. É Thais de Leme, né?

Ou eu sou MUITO CHATA, ou sou muito gente boa, pro povo se lembrar sempre de mim hehehehee.. Prefiro ficar na dúvida haha.

A conversa então fica mais voltada ao Cris e ao meu pai. Dan e eu naquela hora viramos apenas expectadores hehe. Cartão de visita da produtora que Dan faz parte entregue ao meu pai e alguns minutos de possibilidades de um show por aqui,  dou mais beijinhos e abraços (tenho que falar, Dan agora sem a Cídia abraça MUITO mais apertado e gostoso que antes) nele, já que não sou tonta nem nada, me despeço do Cris e saio. Vou até uma das cadeiras para guardar a máquina e o cd, e nisso o pessoal do FC começa a sessão palhaçada com Dan. Eles são praticamente íntimos, então, tudo é muito natural. Não consigo ir embora, e meu pai percebendo isso diz por conta que a gente ficasse mais um pouco ali observando. Depois de fotos inusitadíssimas do FC, o pessoal faz um video do Dan cantando a música ‘Uma Noite Só’, de forma bem acústica, somente com o violão de Nani Palmeira (músico exemplar que acompanha Dan). Uma coisa bem intimista, muito bacana. Enquanto eles gravam o video, fico ali no fundo olhando e conversando com o Cris. Muitooo gente boa ele. Devo muito da minha proximidade com Cídia e Dan a ele, que sempre me ajudou, me atendeu de forma muito respeitadora, muito humana. o Cris é FODA!

Enfim, tempinho depois resolvemos ir. No meio do caminho meu pai tem a idéia de perguntar pro pessoal do Rio se não querem vir pra Leme com a gente, ja que no dia seguinte eles iriam para Ribeirão Preto, num outro pocket do Dan. Voltamos… Conversamos com eles, e eles já haviam pago a diária no hotel em Campinas. Essa volta nos rendeu mais alguns minutos de prosa com o Cris. Agora fomos MESMO embora.

EU AMO, AMO AMO AMO AMOOOOO viajar pra shows com meu pai. Nossa relação fica num nível que jamais ficaria, mesmo nos melhores dias, numa rotina normal. Há uma ligação MUITO forte entre a gente nessas viagens. Ele não assume, mas ele gosta de todos os meus ídolos. Ele adora me acompanhar nesses shows hehee. Adoro pegar pista só com ele. Conversar sobre um monte de coisa. Aprender sobre tantas coisas.. AMO de paixão parar nos GRAAL da vida pra comer com ele.. Enfim, minhas aventuras idolátricas sempre são mais que perfeitas por conta da minha companhia. Sei da sorte que tenho em ter esse meu pai como pai. Ele é foda!!!

Acho que é isso. Mais um encontro idolátrico registrado. Sou muito feliz por ter os ídolos certos. Por ser tão realizada por eles. Sou muito grata por tudo…

Em breve espero voltar com novas datas de shows. Parece que em Setembro tem pocket da Luciana Andrade – TOMARA!

Vale uma pequena observação:  Pra quem não sabe, a música tema do casal principal de Malhação ID, ‘I Can’t Live Without Your Love’, é interpretada por Dan! Dan tá virando modinha entre os adolescentes hehehe. Linda música.

Seguem  fotos do dia.

Cada vez me apaixono mais por ele. Pela pessoa incrível que ele é. Pelo artista que o mundo ainda vai ouvir muito falar. =)

Dan e Eu =D

Dan comemorando os acertos do meu nome. LINDO, né?? =D

Autógrafo no CD

Pamela (SP), Mari (SP), Tiago (RJ), Claudia (RJ) e Eu


Anúncios

2 Respostas so far »

  1. 1

    Ola! Tudo bem?
    Quero muito comprar o Cd dele. Onde encontro?
    Eu moro na Inglaterra (acabei de conhecer o trabalho do Dan) e entrei no Submarino.com e nao encontrei…
    Qual eh o nome do CD?
    Existe alguma pagina com mais informacoes dele? Voce que eh fanzona deve saber! rsrsrs
    beijos e obrigada por dividir o show!
    Pati

  2. 2

    Davi said,

    Huum,é tão bom conhecer nossos ídolos musicais né?Haha,você é super privilegiada de conhecer todos/a maioria dele pessoalmente,nos pockets shows! (e alguns deles até lembrarem seu nome e soletrarem seu sobrenome hahahaha) Fiquei muito feliz em ler esse texto e ver que você conseguu mais essa! E mais pockets virão! Haha

    Poxa,esse da Luciana eu fiquei com vontade de ir hein! Será aqui em SP?Huum…*-*

    Beijoo,amoo


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: